Ação entre amigos!

Srs. Vereadores, Prefeito Gilberto Kassab e o não menos importante sr. Secretário Alexandre de Moraes, envio esta carta de apresentação, esperando a vossa colaboração.

Estamos passando por momentos difíceis e muitas coisas mudaram em São Paulo, especialmente em relação a acessibilidade e o trânsito.

Sou Raphael Rodrigues Oliveira e trabalho quase na esquina das avenidas Nove de julho e São Gabriel, que se encontra a mais ou menos 2,5 km da Estação Cidade Jardim onde desembarco do meu fretado. Este trajeto dura em média 30 minutos a pé. E porque vou a pé? Eu explico.

Utilizando o transporte público, tive que andar pouco mais que 500m (uns 5 minutos), pagar R$2,30 de tarifa e levar 20 minutos para ao trabalho, por conta dos inumeros semáforos ao longo da avenida Nove de Julho. Entre pagar e chegar somente com 5 minutos de diferença no horário, prefiro vir a pé.

Para terem uma idéia, todos os dias eu chegava por volta das 7h25 na porta do trabalho, porém hoje desembarquei as 7h50 na estação Cidade Jardim. Resumindo cheguei aqui no trabalho 8h20! 55min de atraso por dia!

Como já sou obrigado a sair mais cedo do trabalho para embarcar no fretado, estou sentido que fatalmente, serei demitido do trabalho.
Por isso gostaria de saber se posso enviar meu currículo a vocês para que me ajudem a encontrar outro emprego.

Fico no aguardo e desde de já agradeço.

Anúncios

Uma resposta para “Ação entre amigos!

  1. Segue o meu depoimento:

    “Não tenho carro e passei a utilizar o metrô em parte do meu trajeto (Zona Leste X Av. Paulista), após a restrição aos fretados. Pela manhã, o fretado nos deixa na Sumaré (perfeito, o metrô nesta linha e estação é tranqüilo, consigo ir sentada). Porém, no retorno, meu fretado parte do metrô Tietê, ou seja, ando 13 estações de metrô (linhas verde e azul), e estas estão completamente lotadas (já eram antes, agora com os usuários de fretados, piorou). Não tem como sentar, ou melhor, mal tem onde pôr os pés. O secretário Alexandre de Morais deveria rever melhor suas fontes de informação, pois o número de usuários novos no metrô não foi tão insignificante assim.
    Com esta mudança na minha rotina, tive que fazer uma engenharia pra me adaptar (passei a usar só mochila, com medo dos assaltos no metrô, passei a ter um sapato no trabalho pra trocar o tênis, pq ando mais à pé e em pé no metrô, passei a gastar mais com lanches, pois o tempo de viagem é muito longo, passei a não utilizar mais tantos casacos, mesmo com o frio, pois o metrô é quente e abafado, e ainda tenho o gasto mensal a mais de R$ 110,00 com metrô ), Enfim, mudanças sem precedentes, por conta de uma medida radical de um prefeito e um secretário desequilibrados. Fora que passei a sair do trabalho às 17h30 (mais cedo) e chego às 20h10 em casa (mais tarde). Tá quase o mesmo tempo que ir daqui pra Bahia de avião.
    Bom, aqui está a minha opinião: o metrô está impraticável. Sem condições. Por que nos tiraram dos fretados?? Foi o mesmo que ser ter uma dor de cabeça e cortar a cabeça fora! A minha única vingança será contra todos os políticos. Nunca mais voto em ninguém. E para o Sr. Kassab, se ele acha que teremos memória curta neste caso, ele se engana. Todos os dias, falamos o nome dele em todos os lugares, pra que as pessoas sempre lembrem disso. Ele mexeu com uma massa que vota nele e nos aliados (PSDB, seja quem for). Preparem-se. Os protestos das ruas acabaram, mas continuamos protestando a todos (familiares, amigos, donos das empresas). Obrigada, Kassab. Desculpem o desabafo”. VS, 30 anos, usuária de fretado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s