A verdade vem a tona! ZMRF é um embuste!

Essa semana o comentário foi geral, quase todos os jornais de São Paulo noticiaram a mesma coisa: Fim dos fretados piorou o transito em SP.

Já venho postando aqui várias matérias sobre os fretados e como o impacto da restrição causaria a médio e longo prazo.

Os indícios são claros, que o interesse neste tema não é diretamente da prefeitura, e sim dos empresários das empresas de transporte público.

Em primeríssimo lugar, a restrição aos fretados, foi realizada de modo leviano e não respeitou o direito do cidadão paulistano de poder optar, a forma de se locomover na cidade. Em momento algum os usuários foram ouvidos e respeitados.

A segunda medida foi camuflar os dados reportados pela CET com a finalidade de confirmar o sucesso da medida.

Terceira cartada foi restringir ainda mais, as empresas que tinham licença especial para circular dentro da ZMRF.

Ao mesmo tempo que essa “restrição da restrição”, aconteceu o sr. Gilberto Kassab repassou, em setembro, o maior valor da década em subsídios às viações. Quarta jogada!

Não estou inventando nada, tudo isso foi noticiado. Porém toda ação tem uma reação igual e contrária, já dizia Newton!

Essa restrição, que já dura quase três meses, não melhorou em nada o trânsito. A análise de dois meses revela que houve piora. O esperado pela prefeitura era um aumento da fluidez em 11%, porém quando saiu as 5 do trabalho não é isso que vejo…

De acordo com dados da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), em setembro a lentidão média nos dias úteis foi de 71,3 km, ante 65 km registrados no mesmo mês de 2008, segundo o jornal O Estado de S. Paulo.

O efeito da restrição foi tão catastrófico que a medida chegou a tirar usuários do Metrô. Isso mesmo!

A estimativa era de que 40 mil pessoas migrassem para ônibus, metrôs e trens. Inicialmente ouve um aumento significativo no número de passageiros, porém esse número regrediu.

Segundo o Destak Jornal, na estação de metrô Sumaré, a média de entrada de passageiros após o início da restrição, em 27 de julho, aumentou em 2,3 mil pessoas, mas o esperado eram 3,5 mil. Nas estações da CPTM, como Morumbi, Berrini, Pinheiros e Cidade Jardim, o ganho foi em média de 200 passageiros.

A prefeitura nega que o congestionamento que ocorre hoje em São Paulo é causado pelas pessoas que se prejudicaram com a restrição. Mas o que aconteceu com essas pessoas? Evaporaram?

Agora a novidade é proibir o “voo pairado” (em que o helicóptero fica parado num ponto, muito usado em coberturas jornalísticas) por mais de 30 minutos.

Conforme noticiado pela Folha de S.Paulo 01/10/09, o projeto de lei apresentado pelo Vereador Chico Macena, e aprovado pela câmara, permite pousos e decolagens de helicópteros somente das 7h às 20h em São Paulo. E imbutida nela também consta a restrição do vôo pairado.

Com certeza, essa é a cartada final para que os telejornais não mostrem a realidade do trânsito de São Paulo.

Vendo e analizando esses fatos, uma coisa não posso negar, nossos políticos são muito inteligentes e inventam metódos perspicazes para alcançar os seus objetivos.
Inventaram até uma técnica de aprovação de lei, que eu apelidei de Técnica de Imbutimento. É tão eficaz que virou moda!

É só imbutir o que deseja em projetos de lei, que tem grande chance de aprovação por serem, relativamente bons e pronto. Desejo realizado!

Foi usada para restringir os fretado, foi usada para o vôo pairado e quem sabe mais onde será utilizada.

Fiquem de olho!!!

Anúncios

2 Respostas para “A verdade vem a tona! ZMRF é um embuste!

  1. Eu quero saber se quando o Kassab deixar de ser prefeito se essa ZMRF vai acabar!!!

    Antes o fretado passava em frente a minha casa e hoje passa a 7 km (com isso tenho que pegar duas conduções a mais por dia, representando aumento de custo de transporte) e agora passo DUAS HORAS A MAIS NO TRÂNSITO por causa do Kassab!!!!!!

    Já pensaram no Kassab como governador de São Paulo?!?!

    • Bate na madeira Sabine! Credo!

      A ZMRF só acabará se começarmos a protestar assim que o mandato dele acabar. Como o atual secretário também vai pra roça nessa mudança, as chances de um movimento pro-fretado acontecer vai depender somente da gente.

      gde abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s