Glossário vegetariano

É muito comum quando vamos a um restaurante natural, e olhamos para ver o nome do prato, encontrar escrito palavras como kombu, tahine, tempeh e ficar na dúvida do que se trata. Pois bem, compilei abaixo um pequeno glossário, sobre os nomes de ingredientes mais comuns, que você pode encontrar em um restaurante ou livro de receitas vegetarianas, para que não se confunda mais!
Agar-agar: derivada da alga vermelha, é rica em colágeno, boa para pela, cabelo e formas do corpo; regula o ciclo mesntrual das mulheres
Aguê: almofadinha de queijo de soja fritao. Fonte de proteína.
Arroz moti: arroz glutinoso de sabr adocicado. Bastante energético.
Azuki: feijão vermelho escuro de sabor suave. Rico em proteínas.
Bardana: raiz silvestre. Rica em ferro e fósforo.
Bifum: macarrão fino de arroz.
Daikon: nabo longo, japonês.
Glúten: proteína de trigo, do qual foram removidos amido e fibras.
Hijiki: alga marinha preta e comprida. Boa fonte de cálcio e iodo.
Kombu: alga marinha larga e grossa, rica em iodo, cálcio e vitamina B2.
Missô: pasta salgada e curtida, feita a partir de soja cozida e, às vezes, de grãos como cevada e arroz. Tem proteínas, vitaminas e sais minerais.
Okaido: abóbora de origem japonesa, de casca verde escura, rugosa e dura. É laxante e depuradora de tóxicos intestinais. Rica em beta-caroteno
Painço: cereal pequneo, arredondado e dourado. Contém muito pouco glúten;
Raiz de lótus: raiz de consistência sólida, excelente alimento para o pulmão. Utilizada no preparo de chás para tosses, resfriados, etc…
Shitake: coguelo de origem japonesa de cor escura. Apreciado naÁsia há tempos como tônico para longevidade.
Tahine: pasta feita a partir de sementes de gergelim.
Tempeh: produto fermentado de soja, originário da Indonésia, rico em B12, proteínas e altamente digerível.
Teriaki: Shoyu temperado com mel, gengibre e vários outros condimentos.
Tofu: queijo feito a partir do talho do leite de soja.
Trigo sarraceno: também conhecido como casher ou mourisco, não contém glúten.
Wakame: alga marinha marrom. Rica em minerais.

Espero que da próxima vez que forem almoçar não confundam “tempeh” com “tempero”!

Bibliografia consultada:
Livro Essencial da Cozinha Vegetariana, PAISAGEM (ED.)
Arte fundamental da vida, Bernadete Kikuchi
Alimento, o melhor remédio para a saúde, Jean Carper

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s