Sangue puxa sangue?

A dinâmica das relações familiares é realmente intrigante.

A família representa um grupo social primário que influencia e é influenciado por outras pessoas e instituições. É um grupo de pessoas, ou um número de grupos domésticos ligados por descendência (demonstrada ou estipulada) a partir de um ancestral comum, matrimónio ou adoção.” wikipedia

Ou seja familia não necessariamente é formada por pessoas que compartilham somente laços consanguineos.

Em geral são múltiplos os laços capazes de manter os membros moralmente, materialmente e reciprocamente durante uma vida e durante as gerações.  Mas para mim o que realmente torna a família unida é o respeito.

Independentemente de crença, de raça, de sexo, de posição social, de condição econômico-financeira, de cultura, e até mesmo de idade, em verdade, todo ser humano merece respeito. Partindo dessa premissa será que estamos respeitando mesmo uns aos outros? Será que não estamos cruzando a linha de espaço de cada um?

Vejamos. Laços consanguíneos são os primeiros laços entre os pais e os filhos, irmãos com irmãos, netos e avós etc, mas se não houver mais do que isso esse laço se rompe e a família se afasta. Por esse motivo, não é possível que ainda existam pessoas que pensem que pelo simples fato de você ter um parentesco direto, automaticamente ela se torne autorizada a te colocar em situações onde você não se sente confortável.

Insisto em dizer, que as relaçoes familiares independentemente de parentesco devem ser baseadas no amor e no respeito. Ninguém pode obrigar ninguém a fazer nada ou cobrar alguma atitude de respeito e amor se não há reciproca entre os mesmos.

Familia na verdade quem escolhe somos nós mesmos, através de nossas amizades. Agora para atingir esse grau de afetividade, muita confiança e fidelidade são depositadas. Você saber que pode contar com a pessoa nas horas boas e ruins faz toda a diferença.

Seria muito bom se seus próprios irmãos, fossem sempre as pessoas quem te apoiam e caminham junto com você, por toda a vida. Mas não é sempre assim que acontece. Pelo contrário, podem ser as que mais te prejudiquem e que menos se importem com você. Triste mas é real…

Se não há esse tipo de entendimento entre os “parentes de sangue” fatalmente a relação familiar não terá a mínima importância e a única união será na hora da morte ou de alguma fatalidade na família.

Diante dessa situação ruim, o cotidiano e as relações familiares se alteram, promovendo união ou afastamento dos entes, em busca de um equilíbrio, mesmo que conflitual, para dar sustentação à nova condição de vida.

Acredito que esse seja o único momento onde as discussões sobre os laços de união entre os parentes é posta à mesa. Alguns aproveitam e resolvem sua pendências, outros se amaguram e se fecham para a vida.

Independente disso não podemos esperar dos outros o que não fazemos por eles. Mesmo assim acho que cada um tem uma maneira singular de interpretar uma cobrança ou pressão familiar, sobre como você deve ser em família. O fato é que nunca vamos agradar todo mundo, o que seria uma utopia…

O importante é se sentir confortável com as atitudes que toma e com a sua verdade na tomada de decisões, e respeitando o próximo acima de tudo.

Pense nisso!

Anúncios

Uma resposta para “Sangue puxa sangue?

  1. Hoje a população mundial, em sua maioria, tem uma escala de valores um tanto quanto duvidosa, principalmente em relação a família.
    O que seria família? Laços? Sangue?
    Acredito que cada um tenha uma resposta subjetiva para essa questão, mas concordo plenamente com o fato de que respeito devemos ter com o próximo (que merece!). Verdadeiros sentimentos e laços são muitos maiores que “SANGUE”!
    Antes fosse assim, não teríamos lares de adoção cheios de crianças, ou pais maltratando filhos, vice e versa, irmãos se matando ou se unindo para o crime, ou seja, essas coisa todas que vemos pela TV todo dia no jornal do DATENA … rs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s